Currículo Jovem Aprendiz: Como devo preencher?

Confira como fazer o seu primeiro currículo mesmo sem ter experiência.

Publicidade

currículo jovem aprendiz

Um currículo Jovem Aprendiz bem elaborado aumenta as chances de conseguir um primeiro emprego.

As vagas para Jovem Aprendiz tiveram um crescimento de 30,5% no primeiro semestre de 2021, segundo o site Imirante.

Publicidade

Um crescimento significativo, isso permite o ingresso de mais jovens no mercado de trabalho.

A McDonalds tem uma vaga exclusiva para Jovem Aprendiz! Venha conferir!

Matérias similares a esta

Com essa demanda é preciso estar atento em fazer seu Currículo Jovem Aprendiz e é a seguir que você vai aprender a fazer o seu!

Currículo Jovem Aprendiz: Como fazer o seu?

Na montagem do Currículo Jovem Aprendiz devem constar alguns tópicos, veja abaixo:

  • Formação escolar/acadêmica atual: informe o nome da instituição onde estuda, o curso, período e nível, também se já está numa graduação
  • Cursos realizados: liste as suas capacitações que se alinhem ao segmento da empresa na qual disputa a vaga. Os cursos de idiomas e informática são muito bem-vindos. Atividades extracurriculares valem serem apresentadas
  • Principais habilidades: mesmo sem ter experiência profissional, é possível descrever suas qualidades. Cite aspectos como boa comunicação, organização, entre outras
  • Atividades que se engajou: cite apresentações em participação em trabalhos, projetos voluntários, congressos e outros eventos
  • Interesses: listar áreas em que tem interesse como tecnologia, marketing, logística, etc.

Confira nossos artigos referentes à currículos!

Além desses fatores, os dados pessoais básicos e seus objetivos devem constar no currículo.

Publicidade

Lembre-se de manter a honestidade, geralmente as vagas são preenchidas por jovens sem experiência profissional.

Então, não minta sobre ter trabalhado em lugares que nunca trabalhou ou cursos que nunca cursou.

Os recrutadores vão pedir mais informações para você sobre o que consta no currículo na entrevista.

Por não haver dados profissionais, o enfoque do currículo deverá ser nas informações sobre sua escolaridade.

Publicidade

Quem se envolve em atividades extracurriculares têm suas chances aumentadas.

Estas atividades ajudam a preencher melhor o currículo de um Jovem Aprendiz.

Um formato ideal de apresentação de currículo para Jovem Aprendiz, deve ter o seguinte:

  1. Informações pessoais – Sem números de documentos, apenas nome completo, contatos e data de nascimento
  2. Objetivo – Deixar definido o seu objetivo em conquistar a vaga
  3. Qualificações/Habilidades – Falar das suas qualidades
  4. Formação – Descrever seu nível acadêmico (escolar)
  5. Cursos – Listar a sua formação complementar. Informe o nome do curso realizado e a instituição.

Veja as nossas dicas sobre currículo e garanta qualquer vaga de emprego!

Caso tenha alguma experiência profissional, pode listar logo após o seu objetivo.

Agora, se você quer caprichar no currículo, siga as recomendações abaixo:

  • Atenção total na ortografia: revise mais de uma vez o seu currículo antes de encaminha-lo
  • Linguagem objetiva: evite grandes textos e palavras difíceis
  • Informe um e-mail de contato: não utilize endereços informais, com duplo sentido, apelidos ou vulgares. O recomendado é criar um que identifique seu nome
  • Foque na sua qualificação: por não possuir experiência anterior, use os seus estudos como qualidades.

Confira a vaga para Jovem Aprendiz na JBS!

Quem pode ser Jovem Aprendiz?

Iniciar uma vida profissional tem seus desafios, o principal é a falta de experiência.

Os programas de inserção de jovens estão cada vez mais comuns em empresas.

O Jovem Aprendiz é um desses, pois muitas empresas têm de contratar aprendizes a fim de cumprir exigências legais.

Instituído pela Lei de Aprendizagem, o programa Jovem Aprendiz objetiva a inserir jovens no mercado de trabalho.

Mediante a capacitação teórica e prática, a ideia é que os selecionados sejam contratados por até 24 meses para ganhar experiência.

O jovem tem regido um contrato especial garantindo os direitos trabalhistas e a flexibilidade para realizar o treinamento teórico.

Essa capacitação acontece numa instituição especializada em formação profissionalizante.

Somente empresas devidamente credenciadas e parceiras do programa podem oferecer vagas.

O perfil para participar do Jovem Aprendiz deve seguir estes critérios:

  • Ter entre 14 a 24 anos
  • Ter concluído ou estar cursando o Ensino Fundamental ou Ensino Médio
  • Nunca ter sido inscrito em programa similar.

Algumas empresas ainda especificam renda familiar como critério de participação.

Outras ainda farão entrevistas de modo a confirmar ou não a aprovação do candidato.

O processo de seleção deve atender às exigências legais, descritas nas normas do Ministério do Trabalho.

As vantagens de passar nesse tipo de recrutamento são:

  • Remuneração mensal de acordo com a carga horária (de 4 a 6 horas diárias, segunda a sexta)
  • Depósito do FGTS e INSS
  • Vale-transporte
  • Férias remuneradas
  • 13º salário.

Eventualmente, o aprendiz pode participar de ações exclusivas oferecidas pelo empregador (cursos, plano de saúde, etc.).

Mas, antes de ingressar no programa você deve elaborar um bom Currículo Jovem Aprendiz.

Publicidade

Agora com todas as dicas que passamos, você pode garantir sua vaga como Jovem Aprendiz.

Caso esteja procurando alguma vaga, o site Jovem Aprendiz BR informa as melhores vagas disponíveis.

Se gostou desse conteúdo, não esquece de compartilhar com mais pessoas!

Acompanhe mais artigos sobre carreira no nosso site!

Publicidade

Por Giuliane Bonetti em 20/05/2021 Graduada em Direito e Ciências Contábeis pela Unoesc, e uma das escritoras oficiais do blog. Meu objetivo é mantê-lo informado com conteúdo de exclusivo e de qualidade!
Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.