Economista: Saiba como é essa carreira profissional!

Saiba como é a carreira de um Economista!

Publicidade

economista

O Economista atua no serviço público e privado na área de pesquisa.

Mas quais são os passos para entrar nessa profissão? É o que vai descobrir aqui.

Publicidade

Entenda a carreira de Economista no decorrer desse texto.

Economista: Conheça os cursos necessários

É necessário realizar a graduação em Economia para ser um Economista.

Matérias similares a esta

O curso tem duração de 8 semestres e no final o aluno recebe o título de bacharel.

A grade curricular é composta por disciplinas como:

  • Economia (diferentes níveis)
  • Fundamentos de Sociologia
  • Ciência Política
  • Contabilidade Social
  • História Geral
  • Estatística
  • Matemática Financeira
  • História do Pensamento Econômico
  • Administração de Recursos Humanos
  • Economia do Ambiente
  • Economia do Trabalho
  • Macroeconomia.

É um complexo currículo acadêmico, mas que contribui para moldar um profissional pronto para os desafios da carreira e atuar em muitos mercados.

As universidades federais são ainda referência no curso de Ciências Econômicas.

Publicidade

Muitas instituições particulares têm conseguido excelentes notas do MEC.

São essas avaliações que ajudam a você decidir qual faculdade é mais viável para sua formação.

Vale conferir se a instituição oferece vagas pelo ProUni ou dispõe de bolsas para alunos com boas notas no ENEM.

Nos diferentes tipos de mídias voltadas para informação, uma expressão que sempre circula é “projeção de mercado”.

Publicidade

Normalmente ela se refere ao futuro da economia de determinado lugar.

Essa perspectiva é fruto do trabalho dos economistas.

A expertise desse profissional vai além dos números, e pode atuar em diferentes frentes.

Esse profissional é aquele que tem capacidade de estudar fenômenos ligados à obtenção e utilização de recursos materiais destinados ao bem-estar da sociedade.

Antes mesmo de pensar nos números, o profissional precisa ter uma visão ampla das relações humanas.

Somente assim ele conseguirá ser objetivo em suas análises.

Com essa habilidade, o profissional terá ferramentas para analisar e descrever desde a situação financeira de uma empresa até avaliações da economia de um país.

Quem deseja ingressar nessa área precisa se formar em Ciências Econômicas.

Outras características para se tornar esse profissional são:

  • Gostar de temas políticos, inclusive ter disposição para desenvolver projetos neste tema
  • Ter compreensão do comportamento humano
  • Conhecimento matemático razoável, bem como em outras ciências como Geografia, História, Geopolítica, etc
  • Querer se aprofundar nos fenômenos econômicos.

Esse olhar amplo é que garante espaço no mercado de trabalho para quem se forma em economia.

Segundo o site Educa Mais Brasil, são mais de 230 mil economistas só no Brasil.

Mercado de Trabalho e salários

Sem dúvida, boa parte dos economistas brasileiros são absorvidos pelo mundo acadêmico.

Muitos assumem cadeiras em universidades públicas e privadas em diferentes departamentos.

Mas, isso não quer dizer que o profissional precisa se prender num vínculo.

Mesmo atuando como professor, pode desempenhar papel de analista em multinacionais e até para órgãos de planejamento ligados aos governos.

Esse profissional pode trabalhar:

  • Nos meios de comunicação, atuando como analistas para jornais, TVs, rádios, blogs, etc
  • No agronegócio
  • No desenvolvimento de projetos conectados aos conceitos de economia ambiental
  • Em empresas de importação e exportação
  • No mercado financeiro
  • Bancos e financeiras.

Uma grande parcela dos economistas investe em consultorias.

Esse tipo de negócio permite a liberdade ou de se especializar numa dessas áreas ou trabalhar com todas.

Para prestar consultoria em economia, exige um time experiente e multidisciplinar.

Isso facilita o envolvimento com os diferentes setores produtivos.

Essa é uma das profissões com remuneração das mais variadas.

Tudo depende do segmento que escolher e do nível de experiência.

Conheça alguns salários para economistas iniciantes em diferentes áreas:

  • Agroindústria – R$ 3.313,93
  • Serviço Público – R$ 3.012,60
  • Mercado Financeiro – R$ 2.790,00
  • Indústria – R$ 4.130,00
  • Regional – R$ 5.212,00.

Esses valores variam de acordo com a região do país.

Um profissional no estado de Pernambuco, por exemplo, tem salário acima dos R$ 4.000,00, já no Pará essa cifra ultrapassa R$ 8.000,00.

Publicidade

Antes de começar a pensar no quanto vai ganhar, é fundamental focar na formação.

Desse modo, se tem interesse em seguir na área, procure a melhor faculdade, e realize o processo de seleção.

Não resta dúvidas que a profissão de Economista é atrativa, e com possibilidades das mais variadas.

Acompanhe nosso blog e acompanhe mais artigos sobre profissões!

Publicidade

Por Giuliane Bonetti em 07/10/2021 Graduada em Direito e Ciências Contábeis pela Unoesc, e uma das escritoras oficiais do blog. Meu objetivo é mantê-lo informado com conteúdo de exclusivo e de qualidade!
Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.