Profissional Liberal: O que faz um? Descubra como se tornar um!

Saiba quanto ganha um profisisonal liberal!

Publicidade

profissional liberal

Você sabe o que é um Profissional Liberal?

Algumas profissões oferecem a opção de atuação sem vínculo empregatício formal e com liberdade de horários.

Publicidade

Os profissionais liberais se destacam como uma modalidade de trabalho desejada por muitos, pois une flexibilidade de horário e liberdade financeira.

Nessa perspectiva, o profissional tem acesso a relações de trabalho para além do vínculo CLT.

Matérias similares a esta

Confira nosso artigo para saber o que é e quais profissões podem ser exercidas dentro da categoria de Profissional Liberal.

Profissional Liberal: O que é?

Como o próprio nome Profissional Liberal nos sugere, “liberal” vem da concepção de liberdade, flexibilidade.

Nesse sentido, é todo o indivíduo que possui formação em áreas específicas e que está habilitado para atuar em serviços de natureza técnica.

O Estatuto da Confederação Nacional das Profissões Liberais define que esse profissional está apto a realizar serviços técnico-científicos, executando-os dentro das normas que regulamentam a profissão.

Publicidade

O trabalhador liberal pode trabalhar como prestador de serviço, com vínculo formal em empresas ou abrir o seu próprio negócio.

Devido à sua liberdade de atuação e autonomia técnica, ele é responsável por todo o seu trabalho, respondendo legalmente em caso de falhas no processo de execução do serviço.

Todo trabalhador liberal deve, obrigatoriamente:

  • Ter formação técnica, obtida por meio de graduação ou curso técnico. A profissão deve ser registrada pela entidade de classe de cada categoria profissional
  • Possuir registro ativo e regularizado no seu respectivo conselho profissional
  • Contribuir com o sindicato da categoria.

Confira a lista de algumas das profissões que mais atuam na categoria de profissionais liberais no Brasil:

Publicidade

  • Engenheiros
  • Arquitetos
  • Tradutores e intérpretes
  • Jornalistas
  • Contadores
  • Corretores de imóveis
  • Médicos
  • Médicos veterinários
  • Psicólogos
  • Dentistas
  • Advogados
  • Economistas
  • Professores particulares
  • Terapeutas ocupacionais
  • Parteiras.

A Confederação Nacional dos Profissionais Liberais possui uma lista com as profissões regulamentadas.

Verifique se a sua ocupação se enquadra nesta categoria.

Por que ser esse profissional? Entenda as vantagens e desvantagens

Como qualquer outra maneira de trabalho, como autônomo ou freelancer, os profissionais liberais garantem de uma série de vantagens.

São elas que dirão se essa modalidade de prestação de serviços é ideal ou não para você.

Liberdade financeira

Atuar como esse profissional possibilita uma expectativa de maiores ganhos.

Dependendo da produtividade e captação de clientes, os salários são superiores aos pagos pelas empresas em uma contratação com vínculo CLT.

Mais possibilidades de atuação

O profissional não fica dependente apenas das vagas formais disponibilizadas pelas empresas.

Isso garante vastas opções das áreas em que deseja atuar.

Flexibilidade de horário

O profissional tem toda a autonomia para estabelecer os seus horários, bem como, agendar horário de atendimento e estipular os prazos de entrega com os clientes.

Em contrapartida, a atuação como profissional, também, possui desvantagens.

Renda variável

O trabalhador liberal não possui um salário fixo, assim como um trabalhador formal.

O que requer dele bastante planejamento e organização financeira.

Instabilidade em situações de emergência

Caso ocorra algum acidente do trabalho, imprevistos ou situações de doença, o profissional pode enfrentar dificuldades financeiras.

Por essa razão, é importante investir em uma reserva de emergência, seguro de vida ou previdência privada.

É válido possuir uma inscrição de MEI, o que garante ao trabalhador ser assegurado pela Previdência Social.

De modo geral, a tributação varia de acordo com a atuação do profissional.

Para o profissional que atua como pessoa física, os tributos são correspondentes ao tipo de serviço prestado, se é para pessoas físicas ou jurídicas.

Nos casos em que o serviço é prestado para pessoa jurídica, os impostos e tributos são retidos na fonte.

Nesse caso, é preciso solicitar os informes de rendimento junto à empresa, para que seja feita a declaração do imposto de renda.

Já para quem atende pessoas físicas, os tributos devem ser recolhidos todo mês através do Carnê-Leão.

O Carnê-Leão é responsável por calcular os tributos e emitir o DARF para que seja realizado o pagamento.

Quando o profissional possui empresa aberta, a tributação é variável de acordo com o porte da empresa e o regime de tributação por ela escolhido.

O profissional que deseja abrir uma empresa pode realizar uma inscrição de MEI.

Publicidade

Para o profissional empregado com vínculo CLT, o recolhimento dos tributos é feito pela empresa.

Sendo responsabilidade do empregado somente a declaração do Imposto de Renda.

Se a sua formação técnica se enquadra nesta categoria, trabalhar como Profissional Liberal é uma boa oportunidade.

Gostou desse artigo? Confira mais no nosso blog!

Publicidade

Por Giuliane Bonetti em 05/11/2021 Graduada em Direito e Ciências Contábeis pela Unoesc, e uma das escritoras oficiais do blog. Meu objetivo é mantê-lo informado com conteúdo de exclusivo e de qualidade!
Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.